Latest Entries »

Não há dia fácil,

Desde que eu deixei você

Não há dia de paz,

Pois cada dia minha vida se esvai

Certamente vou ficar louco

 

Todos os dias essa mesma rotina,que destrói meu bem querer

Essa escolha e convenções

Idiotas por seguir

Essa falta de coragem,cujo medo adentra a alma

Todos infelizes contemplam

os primeiros raios de sol da manhã

Querendo que mais um milagre aconteça

Querendo que o amor surja

Pra retirar essa tristeza malsã de nossas vidas

 

Não há dia fácil,

Desde que decidi esquecer você

 

 

Vejo sorrisos e alegria num cartaz
O céu azul e o sol brilha
Num jardim florido,um aroma que seduz
Viver é apenas uma simples frase

Durante a noite,olhando estrelas
Aguardo um contato teu
Não tenho muitas coisas na cabeça
Só quero um sonho teu

A vida é curta,
Eu tenho urgência
Dê-me tua palavra de amor
Livra-me desse mundo gris

Trate-me como um estranho
Que perdido busca um caminho, e
Só você sabe onde é

Vejo sorrisos e alegria num cartaz
O céu azul e o sol brilha
Amando você,sem temor
Não sentir o tempo passar

Hoje foi um dia de muitas surpresas ruins e que de certa forma estão me fazendo repensar,não o face ou qualquer relacionamento virtual… Mais uma vez,as pessoas que deveriam cuidar dos nossos direitos,bolaram um plano maquiavélico e além do aborrecimento que tais medidas irão trazer,é notório o desrespeito com os colegas que tanto trabalharam e que esperavam “passar o bastão” com alegria e a sensação do dever cumprido.
Mirem sempre no inimigo que não está ao seu lado,e sim ao irmão que traiu vossa confiança !

p25

Quando estamos sós, e estamos realmente sós
Conversar e saber dos nossos desejos
Compartilhar tua tristeza,
Transformá-las em bom humor

Difícil falar,estamos tão longe
Nos negamos,tão perto
Ao alcance das nossas próprias mãos

Pela primeira vez,fiz questão de esquecer de tantas palavras
Palavras que não devem ser ditas

Essas palavras infindas e parecem vir do coração
Queria tocar o teu,quando as digo
Quando esse tempo no qual nos encontramos
É finito

Ainda que fale tanto, no fundo disso tudo
O que resta ?
O que importa ?

Grande mistério,nosso íntimo segredo
Que o acaso desvendou,não podemos revelar
Deixar apenas o dito pelo não dito
Nas entrelinhas das nossas vidas

Nada que trago é realmente meu,
Minhas lágrimas que escondo num silêncio
Entre as palavras que eu te digo
Me despeço,pois é apenas minha vida

Pela primeira vez,fiz questão de esquecer de tantas palavras
Palavras que não podem ser ditas

Pode você perceber,que algo segue no ar
Somos alguém em busca desse eterno amor

Pode voce saber,se a vida que se segue
Dá muito mais que mágoas que tentamos esconder

Posso mostrar que a essência desse amor,no nosso olhar
Vai levar toda essa mágoa embora

Queremos a liberdade,amar sem limites
Esquecer quem somos,irmãos ou amantes

Pode você ter certeza, se eu realmente existo
Não ser apenas ser o que você quer que eu seja

Pode você viver,uma eterninade na incerteza
Amar assim,nessa vida insana e ao mesmo tempo tão certinha

Pode você sentir,que nesse turbilhão de emoções
Viver esse Amor,intocável que eu te mostro

Pode você ter esse Amor,sem que ele mostre seu rosto
Esse amor que se renova,não cobra e que é apenas Amor

Tudo passa
Até o suave toque dos teus lábios
O tempo continua,Meu coração bate ritmado
Descompassado

A vida é uma porta,onde busco a emoção
Nela escrevo uma simples canção
Meu amor imenso,me consome pouco a pouco
A esperança inconsolável de viver ao teu lado
Ao teu lado eternamente estar
Te Amo

Tudo passa
Quando eu partir,depois de te sentir
Por não te ter,vou cruzar essa mesma porta
Nada mais me importa

Quero me tornar uma doce lembrança
Que reflete toda essa grande emoção
Esse amor,que dessa imensa paixão nasceu
Que me esacapa,Se esvai por minhas trêmulas mãos
E eu tive você

Tudo passa
Se o amor é uma doce canção
Quem sabe aprendo a cantar de novo,
Tudo aconteça de novo,
Quem sabe te amo !

Sou engenheiro Eletrônico de formação,com especialidade em Informática e além disso técnico em Eletrônica por causa do meu pai … Escrevi muito software controlador em Assembler,projetei amplificadores com válvulas,consertei muita Televisão de vizinhos com válvula (alguém se lembra das Colorado RQ ?)  e acabei entrando no alto nível em Software por insistência de amigos.

Talvez seja por isso que consiga escrever programas pensando no que a máquina faria …

Hoje decidi abrir um Toca-Discos consertar um defeito congênito,mas também por uma boa causa … Quem tiver Facebook,descobrirá !

Pronto para DIgitalização !

Testando a trilhagem e eventuais problemas !!!
Ressoldando os conectores
Reparando Toca-Discos

Todos os anos,nesse período escrevo algo pra Bia,uma grande amiga que o destino encarregou de nos encontrar a partir de uma terceira pessoa,o grande Daniel q acompanha tudo bem de perto,onde quer que esteja.

Este ano,não podia ser diferente,e desta vez o motto nasceu bem cedinho,ao tomar café,mas a idéia como um todo já vinha matutando desde meados do mês passado ;)

Espero que você goste Bia,que aliás continua a tocar o @nalutainforma,que dá voz a todos aqueles portadores de deficiência,sem frescuras ou meio-termo !

Quando a gente se perde

Quando abrimos,desolados

A cortina da janela da nossa vida

Esperando encontrar quem a gente ama no fim do arco-íris

A chuva que lavou meu rosto

Por tanto tempo,

Por alguns meses,anos

Que mais parecem séculos

Restou algo maior que nós dois

Continua,

Tornou além do tudo que fomos

Maior que apenas só nós dois

Nada pode acabar

Quanto mais o tempo passar,e

Afirmar

Ah, como eu gosto de te amar

Trafego,

Cumpro minha missão

Por toda esta vida

Sendo um Mago, um Alquimista

Um Soldado,obediente guerreiro

Por aqueles cuja voz

Não quer ser ouvida

Sejamos seres divinos

Vamos além dessa efêmera existência

Esquivar da mão do destino

Uma vez mais

No fim,só o ser

Só o único amor persiste

Insistir,persistir

Como apertar o gatilho da emoção

Que atinge o alvo,

Faz do nosso amor

A eterna canção

Nada pode acabar

Quanto mais o tempo passar,e

Afirmar

Ah, como eu gosto de te amar

Hoje é um dia Especial: Feliz Aniversário Ed Motta !
Um muito obrigado por criares a música que gosto de ouvir e que os Sagrados Deuses da Música continuem ao teu lado ;)

Vida que segue

De jeito diminuto

Vida que persiste,

Sem medo,e que seja breve

Supreende quando sem querer

Me vejo

Artimanhas tantas

O destino nos envolve

Um mistério que amedronta

Tão somente algo bom,tão simples

Sinto um arrepio,uma paz imensa

Quando me vês,

Me tocas profundo na alma

Paixão ou Amor, talvez

Nem sequer teu nome eu sei

Displicente alma,alegoria assustadora

Vívido momento,interminável

Deixo pra lá todo esse medo

Viveremos tudo isso

Tudo o que tivermos direito

Que seja por um breve momento

Pra sempre mirar teu lindo sorriso

Paixão ou Amor, talvez

Nem sequer teu nome eu sei

Sinto um imenso desejo,

Misto de amor e de medo

Quando te sinto,ao tocar tua pele nua

Vamos embora,aproveitar esse delírio

Vida breve,doce que me surpreende

Paixão ou Amor, talvez

Nem sequer teu nome eu sei

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.